João Luís Barreto Guimarães -Portugal-


«Pode ser Pepsi?»

ao Bernardo Pinto de Almeida Gosto de ver hieróglifos nas pegadas das gaivotas. Não gosto que os feriados calhem ao fim-de-semana. Gosto dos frescos de Pompeia em dias de mais calor. Não gosto nada que os gregos misturem água no vinho. Prefiro os heróis sem nome ao nome dos grandes heróis. Distingo a dor dos que perdem da total perda de dor. Gosto de sentir a música de volta à minha vida. Não gosto do Mediterrâneo transformado em cemitério. Prefiro o fundo da alma a fundos de investimento. Distingo liquidez dos bancos da liquidez de teus olhos. Gosto de uma salada César numa piazza de Roma. Não gosto de pedir Coca-Cola e ouvir: «Pode ser Pepsi?»


“OK If it’s Pepsi?”

to Bernardo Pinto de Almeida I like to see hieroglyphs in the footprints of seagulls. I don’t like it when holidays land on weekends. I like the frescoes of Pompei on really hot days. I don’t like it in the least that Greeks add water to wine. I prefer nameless héroes to the names of great heroes. I distinguish the pain of losers from the total loss of pain. I like to feel the music returning to my life. I don’t like the Mediterranean transformed into a cemetery. I prefer the depths of my soul to the depths of the stock market. I distinguish the liquidity of banks from the liquidity in your eyes. I like a Caesar salad in a piazza in Rome. I don’t like ordering a Coke and hearing: “OK if it’s Pepsi?”

Translated by Calvin Olsen